Vitiligo o que é? Vitiligo tem tratamento?

Vitiligo- O que Você Precisa Saber

O vitiligo é uma doença autoimune que tem como sintoma principal, manchas brancas na pele.

Se nenhuma ação for tomada, essas manchas vão crescendo e se espalhando pelo corpo.

Isso acontece porque as células responsáveis pela produção da melanina começam a ser atacadas pelo sistema de defesa por algum motivo ainda desconhecido.

Assim como a pele os pelos também sofrem o efeito do vitiligo, onde existem existem manchas no corpo, os pelos nascem brancos.

Uma característica do vitiligo é aumentar a sensibilidade da pele, o que pode ocasionar queimaduras solares.

Por isso recomenda-se o uso de protetor solar com maior fator de proteção encontrado no mercado.

O vitiligo é contagioso?

Não, o vitiligo não é uma doença contagiosa, ele não é transmissível.

E não traz maiores consequências para a saúde física da pessoa que possui.

Mesmo assim o vitiligo ainda é acompanhado de muito preconceito, muitas vezes por falta de informação adequada sobre o assunto.

E esse preconceito, acaba gerando ansiedade, autoestima baixa e até mesmo a depressão.

E esse sintomas acaba levando a ciclo vicioso, uma vez que eles aumentas a incidência da doença.

Por isso se você sofre de vitiligo e apresenta esses sintomas, procure a ajuda psicológica de uma profissional.

O vitiligo tem cura?

Quais os sintomas do vitiligo?

O vitiligo se caracteriza por manchas brancas envoltas por uma borda hiper-pigmentada.

No vitiligo generalizado geralmente as manchas aparecem nas axilas, no dorso das mãos e no rosto, geralmente ao redor da boca, olhos, nariz.

É muito comum também nas juntas como, joelhos, cotovelos, dedos e genitais.

Também podem aparecer em áreas com lesões, principalmente em áreas de atrito como pescoço, ombros e pulsos.

Sua extensão varia de pessoa para pessoa: elas podem ser isoladas ou podem cobrir uma grande parte do corpo.

Aproximadamente 10 a 20% das pessoas com vitiligo vivenciam a recuperação de pigmentação de forma espontânea de algumas áreas.

Existem outros tipos mais raros de vitiligo:

Segmentar, nesse caso apenas um lado do copo é afetado.

Focal, onde é afeado apenas um local específico da pele.

Universal, nesse tipo de vitiligo, praticamente toda e pele é despigmentada.




Qual é a prevenção da doença?

Como o vitiligo não é uma doença com uma cura identificada.

Não existem maneiras conhecidas de evitar essa doença.

Porém, como de forma geral essa doença possui um componente hereditário.

Os parentes de pessoas que possuem a mesma devem ficar atentos aos primeiros sintomas.

Quanto mais cedo o vitiligo for identificado, as chances são muito grandes de obter um controle das manchas.

Tratamento para vitiligo

O vitiligo tem tratamento?

Na maioria dos casos não existem tratamentos que acabam de vez com a doença.

Porém alguns tratamentos podem reduzir os sintomas da doença, mas nem sempre é possível garantir o resultado desses tratamentos.

Certos medicamentos induzem a produção de melanina nos locais acometidos e tentam controlar o sistema imune para que ele cesse os ataques aos melanócitos.

Uma outra opção é recorrer a um transplante que retira melanócitos de partes saudáveis da pele e aplica essas células pigmentadoras em outras já esbranquiçadas pela doença, essa técnica só é possível se as manchas não se modificam a mais de um ano.

A terapia com banhos de luz ou aplicação de laser também ajuda a barrar a morte dos melanócitos e até chega a reativá-los.

Em determinadas situações, a enfermidade regride bastante, porém isso depende do organismo do paciente.

E, claro, da vontade dele em se submeter ao tratamento, uma vez que ele é longo e não muito barato.

Porém, o melhor tratamento é se aceitar, manter a calma e seguir a vida.

Apenas o fato de não se preocupar com a doença pode ajudar a diminuí-la.

Gostou de saber essas informações sobre o vitiligo?

Curta e compartilhe para que mais pessoas tenham acesso a essa informação de saúde.

Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *