Dieta Low Carb- Descubra Como Funciona Essa Dieta Que Está na Moda

Dieta Low Carb- Ela Funciona?

Dieta Low carb, se você pesquisar pela internet.

Vai encontrar muitas variações desse dieta.

Com diferentes formatos e restrições.

Principalmente a quantidade e tipo de carboidratos permitidos.

Durante a adesão ao programa proposto.

Porém, o que todas elas tem em comum.

É que o principal nutriente da alimentação deve ser a proteína.

Que você consegue de fontes como as carnes, ovos e laticínios.

Além de gorduras consideradas boas para a saúde.

Exemplo de gordura boa é o azeite.

Porém para fazer a dieta Low Carb.

Não basta apenas aumentar o consumo de proteína.

E cortar os carboidratos.

Se seguir por esse caminho errado.

Além de não emagrecer, a dieta feita de maneira errada.

Pode colocar a saúde em risco.

Saiba como funciona a dieta low carb.

O QUE É A DIETA LOW CARB?

No nosso dia a dia, quando falamos de um plano alimentar convencional.

O consumo de carboidratos geralmente fica entre 45-55%.

Isso em relação ao total de nutrientes ingeridos todos os dias.

Porém, na dieta Low Carb a ingestão diária de carboidratos.

Deve permanecer abaixo dos 20% do total das calorias ingeridas.

A dieta Low Carb do médico norte-americano Dr. Robert Atkins.

É a mais famosas das dietas da atualidade.

Hoje ela conta com milhões de seguidores em todo mundo.

Uma nova tendência que surgiu a pouco tempo.

É a dieta Dukan, do médico francês Pierre Dukan.

Que é uma adaptação do método Atkins.

Essa dieta prega o consumo mínimo de carboidratos.

E um consumo de proteínas de alto valor biológico.

Além de restringir o consumo de açúcar.

Refrigerantes e a maioria dos alimentos processados.

Dieta Low Carb

OBJETIVO DA DIETA

O principal objetivo da dieta low carb é queimar gordura.

Ou seja, utilizar a gordura como sua principal fonte de energia.

Substituindo a glicose que vem dos carboidratos por corpos cetônicos.

Quando isso ocorre o corpo entra em um estado metabólico.

Onde não obtém mais energia a partir da glicose.

Esse processo recebe o nome cetose.

O resultado é uma queima de gordura do organismo,

Que passa a ser utilizadas como combustível para o metabolismo.

MAS A DIETA EMAGRECE?

Podemos dizer que sim, principalmente no inicio.

Nos primeiro dias de alteração nos hábitos alimentares.

Ocorre a eliminação do excesso de glicogênio estocado.

Hoje, cerca de 20 estudos científicos comprovam o resultado.

Podendo o resultado alcançar três vezes mais resultado.

Do que as dietas convencionais.

No início os quilos eliminados são em grande parte de líquidos.

Porém o que sustenta o emagrecimento em longo prazo?

Ainda existem muita discussão em cima desse assunto.

Mas algumas teorias já foram levantadas, e já se sabe que.

CONTROLA A GLICOSE

A dieta low carb afeta o controle da glicose sanguínea.

Quando falamos de emagrecimento, a principal crença era.

Que precisamos diminuir a ingestão de gordura.

Porém, essa estratégia não funciona a longo prazo.

Visto que estamos em uma crise de obesidade mundial.

E a gordura é fundamental para a sensação de mais saciedade.

E com a redução da gordura e o aumento de consumo do carboidrato.

Ocorre uma grande variação na glicose sanguínea.

Essa variação se transforma em fome pouco tempo após a refeição.

Porque nossas células precisam de insulina para absorver a glicose.

E o pâncreas não para de trabalhar na produção de hormônio.

Para retirar o excesso de açúcar da circulação.

Quando o nível de açúcar baixa.

Nosso cérebro recebe um sinal que precisa de mais açúcar.

E a pessoa logo em seguida começa a sentir fome.

Além disso, a insulina favorece a estocagem de gordura.

Ou da energia em forma de gordura.

Dificultando a remoção dos lípidos já armazenados.

A insulina inibe a lipólise.

Que á a queima de gordura como fonte de energia.

E estimula a lipogênese.

Que nada mais é que a produção de gordura.

Aí entra a dieta low carb.

A redução no consumo de carboidratos.

Leva a redução na liberação de insulina.

O que se traduz em maior queima de gordura.

Como fonte principal de energia.

Com menos insulina sendo injetada no organismo.

Você consegue um maior controle do apetite.

Devido a menor variação da circulação de glicose.

ACELERA O METABOLISMO

A digestão das proteínas exige muito mais energia do organismo.

Como resultado, há uma aceleração do metabolismo.

Para responder o aumento do consumo de proteínas.

Para formação de massa muscular é muito importante a ingestão de aminoácidos.

Que gasta mais energia do tecido adiposo.

E ainda, as proteínas ajudam a controlar o apetite.

Porque não causam um pico de insulina e retardam o esvaziamento gástrico.

RETÉM MENOS ÁGUA

Cada grama de glicogênio retêm aproximadamente 3 gramas de água.

Aí está a explicação do porque é comum ganhar peso.

Após o consumo de pães e massas.

Como não existe carboidratos para repor os estoques de glicogênio no fígado.

O excesso de líquido é eliminado já nos primeiros dias.

Principalmente através da urina.

DIMINUI A VONTADE DE COMER DOCES

Mesmo se você não precisa emagrecer.

Pode tirar benefício de uma dieta low carb.

Pois o plano alimentar pode ser utilizado.

Como o ponta pé inicial para a mudança dos hábitos alimentares.

O efeito colateral da restrição de carboidratos no cardápio.

É a diminuição na vontade de comer doces, pães e massas brancas.

Além de outros alimentos processados.

Que facilita a adesão de uma dieta mais saudável.

Porém se você está acima do peso.

A eliminação dos carboidratos pode ajudar na compulsão por açúcar.

Uma vez que a dieta low carb reduz as variações de glicose.

Que são as responsáveis pelo aumento da vontade de comer doces.

COMO FAZER A DIETA LOW CARB

Agora confira como fazer a dieta para emagrecer.

Primeiramente, determine a quantidade máxima de carboidratos.

Que você pretende consumir no dia.

Tente não passar de 20 gramas diárias.

Com a quantidade definida faça uma lista de compras.

Com os alimentos permitidos na dieta low carb.

Se você comprar tudo que precisa no inicio da dieta.

Vai evitar idas desnecessárias ao mercado.

Assim você foge das tentações que estão nas prateleiras.

E você conseguirá seguir a programação do cardápio.

Não existe uma quantidade exata para cada alimento.

Por isso, você não precisa em fazer um controle rígido das calorias.

O único controle que você precisará fazer.

É sobre os carboidratos, não deixando passar do ponto definido.

ALIMENTOS PERMITIDOS

Os alimentos de alto valor biológico são muito bem vindos.

Carne vermelha magra, peito de frango, peixes, ovos.

Com cautela, salsicha, mortadela, linguiça, peito de peru.

Entre outros alimentos embutidos.

Com atenção para a quantidade de sódio nesses alimentos.

Porque o sódio promove a retenção de líquidos.

Frutas como Morango, cereja, amora.

Principalmente as frutas com baixo índice glicêmico.

Laticínios com alto teor de gordura contém menos carboidratos.

Até mesmo referentes aos laticínios light.

Porém como são ricos em gordura saturada.

Devem ser consumidos com bastante moderação.

Nesse grupo temos, Creme de leite, cream cheese e parmesão.

Nozes, azeite, óleo de coco, abacate, salmão, atum e sardinha.

Estão no grupo das gorduras boas.

Nos vegetais, abuse das folhas verde (couve, rúcula, alface, agrião, etc.)

E aqueles não amiláceos (couve flor, rabanete, brócolis, alho poró, aspargo).

Para as bebidas, café, chás sem açúcar e água sem gás.

Você ainda pode saborear.

Maionese, leite de coco, frutos do mar, gelatina sem açúcar.

E os adoçantes sucralose e aspartame.

ALIMENTOS PROIBIDOS

A base da dieta low carb está na proibição do consumo de carboidratos.

Por isso evite ao máximo.

Consumo de açúcar, trigo, produtos diet e até mesmo alimentos integrais.

Evite arroz integral e pães com farinha de trigo integral.

Álcool, refrigerantes diet, light ou zero, iogurte.

Além de Leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico).

Precisam ser abolidos do cardápio de quem quer seguir essa dieta.

CARDÁPIO

Não existe um cardápio específico para a dieta low carb.

Isso porque o objetivo principal é consumir menos carboidratos.

E focar nas proteínas e gorduras saudáveis.

Por isso separamos 5 opções para cada refeição.

Mas não é uma regra.

Você pode modificar ser cardápio a qualquer momento.

Obedecendo sempre a regra de pouco carboidrato.

Use sua criatividade para fugir da rotina.

CAFÉ DA MANHÃ

1- Omelete com queijo, salsinha, cebolinha e 1 colher de chá de semente de linhaça dourada.

2- 2 ovos fritos no óleo de coco + 1 fatia de queijo minas derretido.

3- Pão sem carboidrato tipo (bata 3 ovos + 90g de cream cheese + sal a gosto

E leve para assar em forno médio por 20-25 minutos) +

1 fatia de queijo + 1 fatia de peito de peru.

4- Enroladinhos de presunto e queijo preparados com tomate

e orégano na frigideira (como um Bauru sem pão).

5- Meio abacate coberto com um ovo.

LANCHE DA MANHÃ

1- 1 xícara de café com creme de leite.

2- 1 pedaço de queijo.

3- 2 ovos cozidos temperados com azeite, tomilho e cebolinha.

4- Tirinhas de pepino mergulhados em cream cheese.

5- Iogurte Natural com Granola Low Carb.

ALMOÇO

1- Peito de frango assado com bacon + couve refogada no óleo de coco.

2- Atum grelhado com brócolis ou couve de Bruxelas.

3- 1 pires de salada de rúcula e rabanete + 1 bife grande + 3 azeitonas.

4- Almôndegas low carb + legumes refogados no azeite.

5- Sanduíche com alface + maionese + queijo + peito de peru ou presunto

LANCHE DA TARDE

1- 1 xícara de gelatina sem açúcar.

2- 2 panquecas finas de whey.

3- salada de frutas para lanche low carb.

4- 5 nozes.

5- 1/2 xícara de morangos com 1 colher de creme de leite e adoçante.

JANTAR

1- 1 lata de atum + 1 xícara de legumes cozidos.

2- Salsicha frita no óleo de coco com pimentão vermelho e coberta com queijo ralado.

3- Bife + shitake na manteiga + 1 pires de salada de folhas.

4- Camarões grelhados com alho + salada de abacate com alface.

5- Salada + ovos mexidos com espinafre, salsa e cebolinha.

CEIA (SE NECESSÁRIO)

1- 2 colheres de semente de girassol.

2- 5 cerejas.

3- 3 azeitonas.

4- 1 xícara de melão em cubos.

5- 1 pedaço de queijo + 1/2 pera.

DICAS GERAIS

Aderir a uma dieta não é uma coisa fácil.

Você vai precisar de muita motivação e superação.

Por isso, cair na rotina, pode sem uma fonte de desânimo.

A monotonia pode facilitar o abandono da dieta low carb.

Para evitar um desgaste e o possível abandono da dieta.

Varie o cardápio

Planeje com antecedência o cardápio da semana.

Alterne o cardápio, tanto nos alimentos como forma de prepará-los.

Coma Morangos.

Morangos ajuda a saciar a vontade de comer doces.

Se sua briga for com a diminuição na quantidade de açúcar.

Experimente comer um pouco de morango com creme de leite.

Outra opção é comer um quadradinho de chocolate 80-90%.

Coma folhas verdes.

Você vai perceber que a dieta low carb causa bastante prisão de ventre.

Isso se deve ao alto consumo de proteínas e também pela falta de fibras.

Para facilitar o trânsito intestinal.

Como pelo menos duas xícaras de folhas verdes diariamente.

Priorize alimentos Naturais

Evite ao máximo comer produtos processados, mesmo sendo permitido.

Por isso dê sempre preferência para alimentos naturais.

Encare a dieta como um passo para a mudança de vida.

Para uma alimentação mais saudável e nutritiva.

Evite Leite

O leite não é bem vindo na dieta.

A lactose é o açúcar do leite.

Por isso pode causar alterações na glicose sanguínea.

Trazendo consigo todas as consequências dessa alteração.

Beba Água

A água é fundamental em qualquer dieta.

Além de melhorar o funcionamento do intestino.

Ainda ajuda na limpeza.

Eliminando as toxinas geradas pelo metabolismo das proteínas.

Beba pelo menos de 6 a 8 copos de água todos os dias.

No começo pode ser um pouco difícil beber essa quantidade de água.

Por isso, utilize algo para aromatizar, como o hortelã.

Não passe fome

Muitos costumam pular alguma das refeições em busca de resultados.

Não faça isso, como você está tirando o carboidrato do seu cardápio.

Ao pular a refeição, você sentirá muita fome.

Não diminua a quantidade de gorduras para fica apenas com as proteínas.

Gordura é fundamental para passar pela dieta de forma tranquila.

Coma até ficar saciado.

Evite exageros

Mesmo que alguns alimentos estejam liberados.

Você não pode comer um balde deles.

Não vai adiantar nada comer um queijo inteiro de uma vez.

Ou devorar um copo de castanhas.

Você precisa comer com moderação e nos horários adequados.

Assim você não sentirá fome.

E não comerá além da conta.

Diminua o tamanho do prato.

Nós costumamos comer mais com os olhos do que com a barriga.

Por isso, um prato grande, vai fazer com que você se sirva até enchê-lo.

Comendo mais do que o necessário para você.

Por isso se você sabe exatamente a quantidade que deseja comer.

Diminua o tamanho do prato, para que você enxergue um prato mais cheio.

Você vai comer menos, achando que está comendo bem mais.

Pratique caminhada leve ou moderada.

As atividades físicas fão essenciais para potencializar os resultados.

Qualquer dieta deve ser acompanhada com alguma atividade.

Uma caminhada leve ou moderada vai ajudar muito no resultado final.

Além de proporcionar diversos outros benefícios a saúde.

E aí? preparado para começar sua dieta?

Se você já é adepto a dieta low carb.

Deixe nos comentários quais foram os seus resultados.

Se você está com dificuldade para variar seu cardápio.

Segue um extraordinário ebook.

Com 500 receitas para seu dia a dia.

Você ficará surpreso com a quantidade de pratos você para fazer.

E não fugir da sua dieta.

Clique na imagem abaixo para conferir esse ebook.

Dieta Low Carb

Gostou das dicas?

Compartilhe e divulgue em suas redes sociais.

One Reply to “Dieta Low Carb- Descubra Como Funciona Essa Dieta Que Está na Moda”

  1. Gostei muito do conteúdo, trouxe bastante informação sobre a dieta Low Carb, parabéns e sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *