Câncer de próstata: O que você Precisa Saber

Câncer de Próstata: Saiba Mais Sobre Essa Doença

Câncer de próstata, todo ano acontece a campanha Novembro Azul, voltada ao combate desse câncer que acomete milhares de homens.

Porém, não devemos prevenir apenas durante a campanha, mas sim durante todo o ano.

Por isso reunimos para você as principais informações sobre o câncer de próstata.

Continue lendo, para saber mais sobre essa doença, seus sintomas, diagnósticos, tratamento e prevenção.

O que é câncer de próstata?

O Câncer de próstata é o tumor que afeta a prostata, glândula localizada abaixo da bexiga.

E que envolve a uretra canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

Esse tipo de câncer é muito frequente entre os homens, fica em segundo lugar, sendo que o primeiro é o câncer de pele.

Que embora seja uma doença mais comum, por desconhecimento ou medo, os homens não conversam sobre o assunto.

Estudos estimaram que só em 2018 ocorreram mais de 68 mil novos casos, com um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens.

O Câncer de Próstata é a segunda causa de morte por câncer em homens no brasil, com mais de 14 mil mortes causadas pelo mesmo.

Se for constatado qualquer sinal ou sintoma, recomenda-se a realização de exames, para um diagnóstico detalhado.

Geralmente a doença é confirmada depois de se fazer a biópsia.

Que é o exame recomendado após qualquer alteração no exame de sangue (PSA).

Outra forma de determinar alterações na próstata é o exame de toque retal.

Porém, esse exame, agora, só é recomendado a partir de suspeita de uma possível doença por um médico especialista.

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem.

Porém, em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.

Esse efeito é conhecido como metástase.

Câncer de próstata

Afinal o que é a próstata?

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga.

Ela envolve a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina).

Ao contrário do que muitos pensam, a próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo.

Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides.

Em homens mais jovens, a próstata possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.

Câncer de próstata, fatores de risco.

Alguns fatores contribuem para aumentar as chances de um homem desenvolver o câncer de próstata, confira.

A idade

Com o passar do tempo e o avanço da idade, o risco aumenta.

Os dados mostram, que a cada dez homens com a doença, nove tem mais de 55 anos.

Histórico familiar

Homens cujo pai, avô ou irmão já tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos estão no grupo de risco.

Para esses homens é fundamental realizar os exames preventivos de forma regular, para não ter qualquer surpresa.

Sobrepeso

A cada dia fica provado que homens com peso corporal mais elevado, aumentam as chances de desenvolver o câncer de próstata.

Câncer de próstata, prevenção.

Alguns fatores contribuem na prevenção do câncer de próstata.

Estudos demonstraram que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais.

Ajudam na prevenção dessa doença e de muitas outras doenças crônicas não transmissíveis.

A atividade física também contribue na prevenção do câncer de próstata.

O ideal é praticar no mínimo de 30 minutos diários de atividade física.

Outros hábitos podem ajudar na prevenção, como diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Por isso, tenha sempre em mente a lista para evitar o câncer de próstata.

  • Ter uma alimentação saudável.
  • Manter o peso corporal adequado.
  • Praticar atividade física.
  • Não fumar.
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

Sinais e sintomas do câncer de próstata

Infelizmente, na fase inicial o câncer de próstata pode não apresentar qualquer tipo de sintoma.

Por isso os exames são fundamentais para um diagnóstico precoce.

Quando algum sintoma é manifestado, os mais comuns são.

  • Dificuldade de urinar;
  • Demora em começar e terminar de urinar;
  • Sangue na urina;
  • Diminuição do jato de urina;
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Esses sinais e sintomas também ocorrem devido a doenças benignas da próstata. Por exemplo:

Hiperplasia benigna da próstata é o aumento benigno da próstata.

Afeta mais da metade dos homens com idade superior a 50 anos e ocorre naturalmente com o avançar da idade.

Prostatite é uma inflamação na próstata, geralmente causada por bactérias.

E nada tem haver com o câncer de próstata, apesar dos sintomas parecidos.

Sinais e sintomas do câncer de próstata

Diagnóstico da doença.

Para investigar os sinais e sintomas de um câncer de próstata.

E descobrir se a doença está presente ou não, são feitos basicamente dois exames iniciais, são eles.

Exame de PSA

É um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA).

Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

Com a alteração dos índices dessa proteína, se faz necessário o segundo exame.

Exame de toque retal

O médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto.

Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.

Se for necessário esse exame para determinar a presença ou não da doença, fuja do preconceito.

Sua saúde é mais importante do que qualquer outra coisa, não deixe de fazer o exame.




Prós e contras do exame.

Homens sem sinais ou sintomas precisam fazer exames para o câncer de próstata?

Alguns especialistas são contra de se fazer exames de rotina em homens sem sintomas, pois pode trazer tanto benefícios quanto riscos à saúde.

Outros, no entanto, são a favor, pois consideram que vale muito a pena correr algum risco para ter um diagnóstico precoce.

Benefícios do exame:

Realizar o exame pode ajudar a identificar o câncer de próstata logo no inicio da doença.

O que aumenta assim a chance de sucesso no tratamento.

Tratar o câncer de próstata na fase inicial pode evitar que se desenvolva e chegue a uma fase mais avançada.

Quando detectado no inicio o câncer de próstata tem um índice de cura elevadíssimo.

Riscos do exame:

Os contrários a realização de exames preventivos defendem que ter um resultado que indica câncer, mesmo não sendo.

Pode gerar ansiedade e estresse, além da necessidade de novos exames, como a biópsia.

Diagnosticar e tratar um câncer que não evoluiria e nem ameaçaria a vida.

O tratamento pode causar impotência sexual e incontinência urinária.

Os riscos desses exames estão relacionados às consequências dos seus resultados e não à sua realização.

Recomendação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde, assim como a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Não recomendam que se realize o rastreamento do câncer de próstata, ou seja,

Não é indicado que homens sem sinais ou sintomas façam exames.

Procure conhecer os riscos e os benefícios que envolvem a realização desses exames de rotina.

Converse com um profissional de saúde da sua confiança para decidir se deseja ou não realizá-los.

Lembre-se a decisão é sempre sua, mas uma boa orientação é fundamental.

Tratamendo da doença

Câncer de próstata, tratamento

O tratamento do câncer de próstata é feito por meio de uma ou de várias modalidades/técnicas de tratamento.

Essas técnicas  podem ser combinadas ou não.

A principal delas é a cirurgia, que pode ser aplicada junto com radioterapia e tratamento hormonal, conforme cada caso.

Quando localizado apenas na próstata, o câncer de próstata pode ser tratado com cirurgia oncológica.

Como também através de radioterapia e até mesmo observação vigilante, em alguns casos especiais.

No caso de metástase, ou seja, se o câncer da próstata tiver se espalhado para outros órgãos.

A radioterapia é utilizada junto com tratamento hormonal, além de tratamentos paliativos.

A escolha do melhor tratamento é feita individualmente, por médico especializado, caso a caso.

Sempre, após definir quais os riscos, benefícios e melhores resultados para cada paciente.

Conforme estágio da doença e condições clínicas do paciente.

Todas as modalidades de tratamento são oferecidas, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Conclusão

Esse câncer se tornou o segundo fator de mortalidade entre os homens.

Mesmo sendo uma das doenças com altos indices de cura após tratamento.

O medo e até mesmo o preconceito é o que leva muitos homens a adiar os exames preventivos.

O que acaba fazendo que com que a doença seja descoberta de forma tardia e com as chances de cura reduzidas.

O que torna o tratamento devastador para o organismo, com muitas reações adversas.

Por isso, se o exame de sangue mostrou alguma alteração nos índices de PSA.

Não tenha receio, dê continuidade nos exames que vão definir se a doença existe ou não.

Lembre-se que sua vida está em jogo, e um diagnóstico precoce pode ser a sua salvação.

Se você gostou desse conteúdo, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Faça esse conteúdo chegar ao maior número de pessoas que conhece.

Abraços

Site Criativo.

Veja Também: Câncer de Mama- Tudo o Que Você Precisa Saber

Você chegou a esse conteúdo, porque deve ter pesquisado sobre:

Câncer de próstata

Sintomas de câncer de próstata

Tratamentos para câncer de próstata

Tipos de câncer de próstata

Câncer de próstata avançado

Novembro Azul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *